EVENTOS E PARCERIAS

Visite a Exposição o Palhaço no SESC MERITI/RJ - com quadros e o poema homônimo do Poeta Valdemir Costa

Search Engine Submission - AddMe


sábado, 24 de dezembro de 2011

. . .. .. ... .CUPINZEIRO Poesias e Idéias: Feliz Natal do Cupinzeiro de Idéias.

. . .. .. ... .CUPINZEIRO Poesias e Idéias: Feliz Natal do Cupinzeiro de Idéias.: FELIZ NATAL Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho. Puesto que yo soy imperfecto y necesito la tolia.


Visite e conheça o novo blog do cupinzeiro, mais moderno, mais dinâmico, com links para baixar livros grátis, links para comprar CD’s, DVD’s, Livros, dicas de filmes e livros, trailers, diversão e como sempre muita informação e poesia. Siga os blogs do Cupinzeiro cada um tem algo de interessante pra você.  http://cupinzeirodeideias.blogspot.com/ 
.

Blog - Blog da Consul

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Sindicato da Notícia: Demissão

Sindicato da Notícia: Demissão: Texto de Raul Marques Pararam as estrelas e a constelação. O planeta ilusão deu uma freada que tudo chegou estremecer. Quase não sobrou n...

O FANTASMA DOS NOSSOS NATAIS PASSADOS

Os Fantasmas dos Nossos Natais Passados

Cheguei a singela conclusão,  que odeio o natal.
Todas aquelas coisas vermelhas e douradas.


As luzes, que só servem para enfeitar e
consomem um monte de energia elétrica.
Aquelas canções chatas com aqueles refrãos piegas.
A correria para comprar presentes fúteis e gastar um dinheiro que não temos.
As imitações de pinheiros  dourados ou brancos imitando neve.
Os programas de ajuda “tipo natal sem fome” ou campanha do agasalho.
A decoração extravagante dos shoppings nesta época.
O bacalhau comprado a preço de ouro e as frutas que só são vendidas nessa época, por que são muito caras.
A ceia com mais comida do que o ano todo, enquanto tem gente

  sem nada pra comer.
E toda essa hipocrisia reinante no espirito do natal, que acaba no ano novo.
Mas sem sombra de dúvida, o que eu mais odeio no natal é aquele cara gordinho de barba e bigodes brancos, vestindo um agasalho vermelho em pleno verão carioca, dando aquela risada ridícula, que entrega presentes para todas crianças, mas nunca passou pela minha casa.




Valdemir Costa

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Gavetas Poéticas: Cadência

Gavetas Poéticas: Cadência: Ainda dá tempo, não reviramos tudo aqui dentro porque acreditamos em nossa desordem, a voz saiu porque a alma reclama, não cabe mais tant...

mound of ideas: ESPARTHANOS OS: Ladies and gentlemen, the sound of...

mound of ideas: ESPARTHANOS OS: Ladies and gentlemen, the sound of...: OS ESPARTHANOS: lady and getlemen the sound of Curtis Mayfield - Move on up Curtis Lee Mayfield (June 3, 1942 – December 26, 1999) was ...

domingo, 18 de dezembro de 2011

mound of ideas: good bye Cesária Évora!

mound of ideas: good bye Cesária Évora!: Cesaria Evora dies, The singer died on  saturday   Cesária Évora, boned in 27 August 1941 – 17 December 2011) was a Cape Verdean popula...

A música de Cesária Évora

Deleitem-se com a maravilha música de Cesária Évora:

A morte da Diva dos Pés Descalços.

A cantora cabo-verdiana Cesária Évora, que dividiu o palco com vários cantores inclusive com o cantor Caetano Veloso, faleceu  neste sábado, 17, aos 70 anos. Ela estava hospitalizada em Mindelo, Cabo Verde, há vários meses.

 Também conhecida como "a diva dos pés descalços", Évora havia dado como finda a sua carreira artística em setembro deste ano.

 Évora é a cantora de maior reconhecimento internacional de toda história da música popular de Cabo Verde e foi vencedora de um Grammy de melhor  álbum de world music contemporânea em 2004.

 Em 2009,  o presidente francês, Nicolas Sarkozy, distinguiu-a com a medalha da Legião de Honra entregue pela ministra da Cultura francesa Christine Albanel.


O cupizeiro vai postar seus maiores sucessos durante todo o dia e noite, curtam a diva!!!


 Fonte:
http://www.rtp.pt/noticias/?t=Morte-de-Cesaria-Evora-noticiada-um-pouco-por-todo-o-mundo.rtp&article=510699&visual=3&layout=10&tm=4






sábado, 17 de dezembro de 2011

PSR- Ponto Sem Retorno

O Ponto Sem Retorno

O conhecimento é ao mesmo tempo um poder e um vício, um armistício, para o soldado um ardil, para o líder um projetil. Para o politico uma arma carregada, uma lança apontada, uma rajada de fogos, um artificio. Um atirado com a mira ajustada num comício. Um vírus solto no ar de um edifício, uma febre terçã na hora certa, um cambalacho, um suicídio. A nota perdida no bolso da roupa já esquecida, a chave do carro forte na despedida. A venda nos olhos antes do fuzilamento, o ultimo pedido certo no exato momento, as chaves da sala das armas antes do julgamento. Receber hoje o jornal de amanhã, uma maldição. Saber que vai morrer num acidente, uma benção. Correr contra o tempo dentro de uma prisão, libertar a sua mente até alcançar a perfeição. Saber que vai morrer um dia não é novidade. Saber o dia em se vai morrer é uma vantagem. Manipular seu tempo para não ser manipulado por ele é uma virtude. Usar o tempo sem que ele perceba que está sendo usado é sabedoria. Não esquentar com o tempo e suas idiossincrasias uma é a verdadeira imortalidade. Lidar com a sua ignorância antes de sequer pensar em analisar os outros é a verdadeira inteligência. Lutar contra a tentação de ser o senhor e mestre de suas indulgências é a verdadeira liberdade.  Aceitar sem demérito algum suas próprias insignificâncias é ser completo.


Observa suas atitudes como se fosse um espírito fora do corpo. Ser o corpo, o médico e a família durante a autópsia do morto. Ser os sinos que dobram e quebram rotina na pequena cidade e o sinal de trânsito que gera estresse na grande metrópole. O estouro do foguete que estava em direção do infinito. A vida que nasce da morte insensata de outro individuo. Se sair numa jornada conheça o trajeto nunca o destino. Espere o inesperado que chega carinhoso como uma amante. Volte ao inicio sempre que necessário e de forma obrigatória no final de cada período. Seja leva como a pluma e forte como o aço. Respeite todos, mas só tema a si mesmo, mesmo que você seja quase o outro. Conheça seu passado, trabalhe seu presente e calcule seu futuro.  Cabecear a bola contra todas as chances de desviar no zagueiro, no goleiro, na trave, é algo mágico.  Fazer o gol derradeiro é consequência do improviso. Tenha a verdade como alvo não como meta. Conheça os seus limites para que nenhum paliativo seja usando como consolo. Obter conhecimento, ter noção e saber como usa-lo é um ponto sem retorno.



valdemir Costa

O CUPINZEIRO NO RATOS - CINELÂNDIA - PRAÇA DO OCUPARIO



RATOS DI VERSOS, CINELÂNDIA , 17/12

RATOS DI VERSOS
quando? SÁBADO DIA 17 - AMANHÃ
onde? CINELÂNDIA - PRAÇA DO OCUPARIO
q hora? DESDE O CAIR DA PENUMBRA DURANTE O EVENTO CULMINANDO AS DEZ DA NOITE, ONZE, MEIA-NOITE

RATOS são cobaias chegadas a novas experiências.
Abandonamos a toca antiga e de novo estamos no local onde nos sentimos mais a vontade:NA RUA
No sábado então, desorganizando o sarau, saudando o saraval, os RATOS da Lapa entregam-se à orgia poética no meio do Passeio Público.
Na Praça da Cinelândia o RATOS DI VERSOS vai engrossar o caldo das atividades culturais do OCUPARIO


NESSE DIA LEMBRAMOS:
- Três meses desde o inicio do movimento occupy:
- Um ano da morte de Mohamed Bouazizi, homem que ateou-se fogo e
deu início à PRIMAVERA ÁRABE;
- O aniversário de 24 anos do Bradley Manning, soldado americano que vazou os arquivos que tornaram o Wikileaks mundialmente conhecido e foi preso

SÓ PEGO ARMA PARA TRANSFORMÁ-LA EM ARTE
SÓ FAÇO ARTE AO TRANSFORMÁ-LA EM ARMA
Atividades no dia 17(sábado) na Cinelândia:•9:00 - Ioga / Meditação

•10:00 - Chamado Mítico

•10:30 - Oficina de Cartazes - Para aqueles que puderem, tragam os possíveis materiais para a confecção dos mesmos (cartolina, lápis de cor, etc).

•12:00 - Almoço na forma de Pic-Nic - Gostaríamos de lembrar que, para aqueles que puderem, recomendamos trazerem alimentos vegetarianos que estão em maior consonância com os objetivos de nossas manifestações.

•14:00 - Discursos (centrados no ocupa), ato e microfone aberto. - Atividade onde todos os presentes são convidados a expor suas opiniões.

•16:00 - Choque de Amor

•17:00 - Exército de Palhaços Insurgentes

•18:00 - Sarau / Teatro de Operações

•19:00 - Jogo de Peteca ou Frisbie

•20:00 - Cine-Debate: Sagrada Terra Especulada21:10 - Bloco Planta na Mente

22:00 - Horário Livre (RATOS INVADEM A PRAÇA)

•23:00 - AnarcoFunk - O ritmo é o funk. E as letras que acompanham o pancadão são de conteúdo anarquista!

•Após AnarcoFunk - Espaço para outras bandas interessadas se apresentarem

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

A LIGA DOS JUSTOS: A liga dos Justos - O Início

A LIGA DOS JUSTOS: A liga dos Justos - O Início:       LIGA DOS JUSTOS     Em decorrência da cisão ocorrida na Liga dos Proscritos, a Liga dos Justos foi formada em Paris...

A LIGA DOS JUSTOS: Renato Manfredini Júnior, nome artístico: Renato R...

A LIGA DOS JUSTOS: Renato Manfredini Júnior, nome artístico: Renato R...: Renato Manfredini Júnior , nome artístico: Renato Russo (Rio de Janeiro, 27 de março de 1960 – Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1996)

Muito intenso Renato Russo, bebeu a vida em um gole só, foi o herói se sua geração, que de Coca-cola não teve nada. Os anos 80' foi a fase, mas efusiva da era moderna humana. O homem começou a se descobrir e refletir sobre os aspectos de sua presença no planeta. E o poeta mostrou as tentativas e erros dos homens de sua época como ninguém.

A LIGA DOS JUSTOS: Renato Manfredini Júnior, nome artístico: Renato R...

A LIGA DOS JUSTOS: Renato Manfredini Júnior, nome artístico: Renato R...: Renato Manfredini Júnior , nome artístico: Renato Russo (Rio de Janeiro, 27 de março de 1960 – Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1996)

Muito intenso Renato Russo, bebeu a vida em um gole só, foi o herói se sua geração, que de Coca-cola não teve nada. Os anos 80' foi a fase, mas efusiva da era moderna humana. O homem começou a se descobrir e refletir sobre os aspectos de sua presença no planeta. E o poeta mostrou as tentativas e erros dos homens de sua época como ninguém.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

A LIGA DOS JUSTOS: Jorge Gordon Byron, conhecido como Lord Byron, foi...

A LIGA DOS JUSTOS: Jorge Gordon Byron, conhecido como Lord Byron, foi...: Jorge Gordon Byron, conhecido como Lord Byron, foi um importante poeta inglês do século XIX. Nasceu da cidade de Londres em 23 de janeir...
As mudanças ocorridas em nossa cultura, por conta, da modernidade gera algumas singularidades que afetam até a nossa língua.

Quando falávamos que queríamos uma nota menor, estávamos nos referindo essencialmente ao seu valor monetário, porém com o avanço do maquinário empregado na fabricação de moedas inclusive às nossas, hoje ao pedirmos uma nota menor, além de recebemos uma nota ou moeda de menor valor, ela também terá um menor tamanho.




Isso ocorre no Brasil e em outros países também, excetuado o dólar americano que tem um relativo tamanho fixo e longevo perfil gráfico o mundo está se rendendo as notas e moedas com perfis e tamanhos que se identificam mais com os valores monetários que este dinheiro vale, ajudando na melhor identificação , diminuindo a capacidade de fraudes e aumentando muito a sua vida útil.

A LIGA DOS JUSTOS: Poemas de Carlos Drummond de AndradeJOSÉE agor...

A LIGA DOS JUSTOS:
Poemas de Carlos Drummond de Andrade
JOSÉ

E agor...
: Poemas de Carlos Drummond de Andrade JOSÉ E agora, José? A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou, e a...

domingo, 11 de dezembro de 2011

Inteligência Natural 2.0: AS Vantagens Do Ebook Reader

Inteligência Natural 2.0: AS Vantagens Do Ebook Reader: AS Vantagens Do Ebook Reader: " Procurando por novidades   na internet, me deparei com uma espantosa novidades os e-readers, ou ...

CUPINZEIRO DE OFERTAS: O Link para divulgação do resultado do Plebiscito ...

CUPINZEIRO DE OFERTAS: O Link para divulgação do resultado do Plebiscito ...: Apuração online do Plebiscito do Pará  O TSE  divulga do resultado do Plebiscito do Pará De: TSE - 11/12/2011 16h02 (original) Já ...

CUPINZEIRO DE OFERTAS: OS ESPARTHANOS: . . .. .. ... .CU...

Separação do Pará  .: OS ESPARTHANOS: . . .. .. ... .CUPINZEIRO Poesias... : . . .. .. ... .CUPINZEIRO Poesias e Idéias: Plebisc...

Inteligência Natural 2.0: Inteligência Natural 2.0: OS ESPARTHANOS: . ...

Inteligência Natural 2.0: Inteligência Natural 2.0: OS ESPARTHANOS: . ...: Inteligência Natural 2.0: OS ESPARTHANOS: . . .. .. ... .CU... : OS ESPARTHANOS: . . .. .. ... .CUPINZEIRO...5

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

PARADOXO

Sustentáculo indelével de um paradoxo
A impossibilidade é a motivação do salto
E a coragem é o troféu do acerto. 



Valdemir Costa

OS ESPARTHANOS: Homenagem ao ex-presidente americano Jorge W. Bush...

OS ESPARTHANOS: Homenagem ao ex-presidente americano Jorge W. Bush...: Os Esparthanos fazem uma singela homenagem ao homem que durante muito tempo foi e ainda é, de certa, o mais amado e odiado do Planeta....

Inteligência Natural 2.0: Os dez estados mais verdes nos Estados Unidos

Inteligência Natural 2.0: Os dez estados mais verdes nos Estados Unidos: Os dez estados mais verdes nos EUA O site jornal Brasil publicou no último Dia da Terra, que  foi o momento perfeito para festej...

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

OS ESPARTHANOS: HUNG - Salvando a tv a cabo.

OS ESPARTHANOS: HUNG - Salvando a tv a cabo.: Uma série que mostra que pode sim ser picante, mas inteligente. Entre um palavrão bem colocado e as  sacadas do roteiro  que coloca os p...

. . .. .. ... .CUPINZEIRO Poesias e Idéias: CEM POSTAGENS

. . .. .. ... .CUPINZEIRO Poesias e Idéias: CEM POSTAGENS: O BLOG MAIS MANEIRO DA NET COMPLETA 100 POSTAGENS E QUASE 3000 VISITAS. Falando sobre assuntos variados o blog tem a postura de s...

domingo, 4 de dezembro de 2011

. . .. .. ... .CUPINZEIRO Poesias e Idéias: SOCRATES - A MORTE DE UMA LENDA

. . .. .. ... .CUPINZEIRO Poesias e Idéias: SOCRATES - A MORTE DE UMA LENDA: SOCRATES O CALCANHAR DE OURO   O ex-jogador de futebol Sócrates faleceu na madrugada de domingo, aos 57 anos, em São Paulo, i...

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

SERENDIPIDADE


Serendipidade

Quem sabe o que é ter e perder alguém, sabe a dor que senti, quando te perdi.
Quando te vi sair pela porta do carona do carro azul e triste.
O que vi ao entra em casa e sentir o vazio que cortava como faca afiada
Que me cortava como manteiga melada na geladeira desligada
Cadê a vida que prometia ser sorvida e de certa forma divertida
Igual sorvete de coco e sabor de uma limonada gelada
qual seria a razão para procurar o que estava ao meu lado
Como não vi a verdade que vertia fogo e me queimava de frio
Onde estive esse tempo todo que não me encontrava nos mapas
cada dia que se passou depois que foste embora me modificou
Todas as mudanças me deixaram mais forte como deveria ser
tudo que fiz foi  para ficar com você, mas não deu
Nada acontece por acaso, então aproveite o dia.

                                                                                            Definição de serendipidade:
                                                                                        É o encontro casual ou fortuito de algo que não se procurava.



Valdemir Costa

domingo, 27 de novembro de 2011

. . .. .. ... .CUPINZEIRO Poesias e Idéias: As coisas que ninguém deveria saber

. . .. .. ... .CUPINZEIRO Poesias e Idéias: As coisas que ninguém deveria saber: ADEUS TERRA DO NUNCA (Valdemir Costa) Tem coisas na vida que a gente não precisa saber, tais com: Que o iogurte e o resíduo intestinal ...

. . .. .. ... .CUPINZEIRO Poesias e Idéias: Por que o nome do blog é Cupinzeiro de Idéias!

. . .. .. ... .CUPINZEIRO Poesias e Idéias: Por que o nome do blog é Cupinzeiro de Idéias!: Os cupinzeiros têm sido chamados de maravilhas da engenharia, e por bons motivos. Essas estruturas impressionantes, feitas de terra e saliv...

sábado, 26 de novembro de 2011

Inteligência Natural 2.0: O poderoso windows 8

Inteligência Natural 2.0: O poderoso windows 8: A gigante mudial microsoft aposta suas fichas no novo windows, com cara de moderninho o windows 8 está gerando  grande expectativa nos afici...

Inteligência Natural 2.0: A ganhadora do Prêmio Nobel de Arquitetura Zaha Ha...

Ver as abros de Zaha é viajar por um mundo de formas e belaza é poesia contruida com, aço, concreto e suor.

Inteligência Natural 2.0: A ganhadora do Prêmio Nobel de Arquitetura Zaha Ha...: Zaha está mudando o mundo com sua visão inovadora e singular de ver a interação do homem com o meio em que vive. Um dos nomes mais impor...

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

OS ESPARTHANOS: A LIGA DOS JUSTOS - A ESTRÉIA DO POETA PETULANTE ...

OS ESPARTHANOS: A LIGA DOS JUSTOS - A ESTRÉIA DO POETA PETULANTE ...:                                                                                     ...

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

O Embaixada Poética está em pleno funcionamento

Evento coordenado por Valdemir Costa - EmBaixada Poética, mostrando vários poetas meritienses






Poeta valdemir Costa coordenador de conteúdo do blog cupinzeirodeideias.blogspot.com.  Locutor, contista, crônista, roteirista. coordenador em vários grupos culturais, Menbro Fundador do Clube da poesia do Sindicato dos escritores do estado do Rio de Janeiro e Conselheiro Municipal de cultura.




ADEUS ESTRADA DOS TIJOLOS AMARELOS


Uma vida estática
De vontades e tentativas
Sintetiza granulados sonhos
Culminando na morte
Das lembranças do futuro




Valdemir costa



Visitantes no Embaixada Poética.

Rio de Janeiro, 01 de novembro de 2011

Caminhos do Rio




"A Rua do Ouvidor resume o Rio de Janeiro.
A certas horas do dia, pode a fúria celeste destruir a cidade;
se conservar a Rua do Ouvidor, conserva Noé, a família e o mais.
Uma cidade é um corpo de pedra com um rosto.
O rosto da cidade fluminense é esta rua,
rosto eloqüente que exprime todos os sentimentos e todas as idéias..."
MACHADO DE ASSIS (1839-1908),Outros Contos: "Tempo de Crise"

Não é de hoje que digo que percorrer as ruas do Rio de Janeiro a pé pode surpreender o passante e fazê-lo perder-se em reminiscências de um tempo somente descrito em livros.
Outro dia, passando pelo centro da cidade eu vinha perdida em pensamentos quando me encontrei em uma rua estreita onde passavam pessoas tão apressadas quanto eu. No entanto, apesar da pressa, num vislumbre e ainda buscando passagem entre o povo, percebi a sorte de estar em um desses recantos da cidade onde é quase impossível andar sem quedar-se de admiração.
Era a Travessa do Ouvidor, pequena rua que começa na Rua do Ouvidor e termina na Sete de Setembro.
Quase tropeçando na estátua de Pixinguinha, um dos maiores compositores de nossa música popular, me surpreendi com tantas informações numa rua tão pequena. Tão pequena que precisei quase entrar pela Livraria da Travessa, para me afastar dos pedestres e poder ver o todo. Essa livraria em particular, pelos idos de 1970, foi inaugurada com o nome de Muro, numa alusão a Guerra Fria ou à Ditadura Militar. Lá se reuniam os chamados “poetas marginais” para recitar e promover seus livros artesanais, raridades bibliográficas. Essa livraria era em Ipanema e mais tarde, na década de 1980, abriu filial na Travessa do Ouvidor, adquirindo por isso o nome que tem hoje.
Atrás da estátua de Pixinguinha, no muro baixo que ladeia quase toda a rua de um dos lados, foi pintado um mural representando o casario antigo. Em outro muro mais uma homenagem ao compositor; uma pintura retratando a boemia carioca. Em alguns bancos espalhados pessoas iam seus jornais ou simplesmente se deixavam ficar quietas. A surpresa de lugar tão atípico e bem cuidado me fez ficar em silêncio, mas tanta gente passava por ali naquele momento que nem pude clicar o instante mágico. A decoração que faz dessa travessa algo especial não é relíquia dos tempos, mas faz uma alusão tão simpática a cultura e história da cidade que merece ser citada.
A Travessa tem o nome da Rua do Ouvidor, que teve sua origem como acesso ao “Trapiche de Ver o Peso” do antigo Porto da cidade. Com a vinda da família real e a abertura dos portos ela ganhou um status de luxo e chegou a ser comparada a Rue Viviene de Paris. Um comércio variado se estabeleceu vindo da Europa, a rua foi calçada e proibido o tráfego de carros de boi e, mais tarde, de cavaleiros.
Aberta em 1568 com o nome de Desvio do Mar, foi a primeira rua a receber iluminação a gás na cidade, em 1860. Era conhecida como a Rua dos Jornais, pois por lá se instalaram vários deles como o do Commércio, a Gazeta de Notícias e a redação da Cidade do Rio, de José do Patrocínio, entre outros. Era uma rua onde se fazia e se buscava a notícia, um lugar onde se praticava o incansável jogo do “ver e ser visto” da sociedade carioca. Nas hospedarias desta rua, Tiradentes e Duque de Caxias fizeram pousada em diferentes ocasiões. O nome Ouvidor surgiu de forma natural, adotado pela população, pois ali morava o Ouvidor Dr. Manoel Pena de Mesquita Pinto, mas a rua já teve vários outros que não vingaram.
Mais tarde com a abertura da Avenida Central, hoje Rio Branco, a Ouvidor viria a perder seu posto de principal artéria da cidade, ocupado por mais de 90 anos. No entanto ainda hoje é considerada uma importante rua comercial da cidade onde se espalham várias lojas, principalmente no segmento de vestuário.
A Rua do Ouvidor foi um caminho de construção da cultura carioca e por ela passaram personagens ilustres como Castro Alves; o “poeta dos escravos”, Joaquim Nabuco; um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras, Machado de Assis autor de Dom Casmurro e o brilhante Rui Barbosa, entre outros. Por caminhos assim tropeço feliz em arrebatadores momentos de descoberta e freio o ritmo acelerado do dia a dia para folhear a história e a cultura da cidade como quem lê um livro generoso em seus capítulos.
"Vós que tendes a cargo o aformosamento da cidade,
alargai outras ruas, mas deixai a do Ouvidor assim mesmo -
uma viela, como se chama o Diário -
um canudo como lhe chamava Pedro Luis.
Há nela, assim estreitinha,
um aspecto e uma sensação de intimidade.`
É a rua própria do boato.
Vá lá correr um boato por avenidas amplas e lavadas de ar."
Machado de Assis
A Semana: 13 de agosto de 1893
 
 

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

As vezes feliz...





Às vezes feliz...



Às vezes dou um  sorriso
Um sorriso só por sorrir.                    
Sem motivo, sem razão.
Sorriu sozinho sentado no sofá
Vendo televisão
Um sorriso pequenininho
De lábio triscado no cantinho
Sorriso verdadeiro é assim!
Vem sem a gente sentir
Chega sem avisar
Quando se percebe
Já estar sorrindo...




Valdemir costa

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

CONVIDADOS DO BLOG - LIBERDADE


Liberdade! Liberdade!
                                                      Eu quero liberdade.
Estou presa dentro de mim mesma,
Estou presa dentro dos grilhões da "ditadura",




Presa dentro das regras impostas e que cada vez que esboçamos nossa opinião aperta as algemas.



 Eu quero liberdade!!! LIBERDADE!!
 Quero sentir, viver, respirar LIBERDADE!!!



Eu sou uma borboleta.
Não quero ser mais uma no mostruário do colecionador.
LIBERDADE, LIBERDADE!!!!!!!!
-- 


  • Mônica Valéria

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Um encontro Poético



 

OS PORTÕES DO PASSEIO  PUBLICO
BARRACA DE LIVROS DO INÁCIO
Hoje caminhando pelo Passeio Público na Cinelândia no centro Rio me deparei com uma figura maravilhosa.        
ESTATUA  NO PASSEIO PUBLICO


as coisa boas da vida deveriam durar para sempre...




PASSEIO REVITALIZADO
INÁCIO ENOKIBARA - POETA E LIVREIRO
Meu amigo Inácio Enokibara, poeta de Mão cheia, a primeira pessoa que me reconheceu enquanto poeta. Ficamos por algum tem relembrado histórias e passagens da nossa amizade e pessoas que dividiram conosco esse nosso tempo na terra. 



PASSEIO PUBLICO
Esse pouquíssimo tempo me rendeu um pronto reabastecimento de minha alma poética. Inácio é uma daquelas pessoas que tem uma luz própria e só estar ao seu lado ficamos meio afetados pela sua radiação e isso faz um bem! Com a benção do passeio publico do Imperador agora revitalizado e com seus portões abertos deixei meu amigo Inácio, mas trouxe além de um ótimo livro do meu poeta maior Manoel de Barros, a sensação de estar recarregado para mais uma existência entre as pessoas e a escuridão desse mundo.      


Valdemir Costa


sexta-feira, 1 de julho de 2011

Férias



Estou precisando urgentemente de férias
Ver o sol nascer e esperar ele se pôr
Sentar na calçada e esperar a banda passar e se ela não passar, continuar lá
Sentir a chuva cair no meu rosto, descer pelo meu corpo e tocar o solo
sentar na praia contar as ondas, e ser perder a conta, recomeçar
viajar para qualquer lugar sem pressa de chegar
Andar pelado sem me preocupar
Ler o jornal de ontem e assistir seriados repetidos
Visitar amigos antigos e lugares desconhecidos
Me apaixonar por uma artista de cinema
Chorar com a morte do herói na novela
Ficar bêbado e embrigado ficar
Comer mingau lentamente esperando ele esfriar
Começar a ler um livro parar e começar a ler outro
Dormir até acordar
Tirar o relógio
Desligar o celular
to precisando urgentemente tirar férias de mim, do mundo, do tempo, das coisas, das pessoas...

Valdemir Costa

segunda-feira, 21 de março de 2011

aprendendo a voar




Learning to Fly

Estou aprendendo a voar com os anjos
Estou aprendendo a correr com os rios
Estou aprendendo a ser forte com as formigas
Estou aprendendo a ser paciente com a grama
Estou aprendendo a falar com silêncio
Estou aprendendo a nadar com os pássaros
Estou aprendendo a ser livre com o vento
Estou aprendendo a não ter pressa com as tartarugas
Estou aprendendo a sentir com o fogo
Estou aprendendo a ver com escuridão
Estou aprendendo a cair com chuva
Estou aprendendo a ser rápido com o raio
Estou aprendendo a mudar com as montanhas
Estou aprendendo a ser sábio com o escárnio
Estou aprendendo a viver com as efemérides
Estou aprendendo a ser verdadeiro com as manhãs
Estou aprendendo a viajar com a luz
Estou aprendendo...

São João de Meriti, RJ, 21 de março de 2011.


Valdemir Costa

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

a Beleza e a Beluga


A beleza é uma baleia beluga fazendo bolhas...


INEVITÁVEL

Inevitável é o choque depois do tombo

Inevitável é o remorso depois do acordo

Inevitável é a MORTE após um período de vida

Inevitável é a saudade após a partida.

Inevitável é a dúvida na ausência da verdade

Inevitável sofrer após um período de alegria

Inevitável é a certeza que tudo acabará um dia

Inevitável é o término da maldade

Inevitável é o toque chato do telefone

Inevitável a máquina superar o homem

E neste dia ela morrerá de fome

Inevitável é o sol nascer toda manhã

Para morrer no final tarde

Inevitável a escuridão na falta da luz

Que não faz a menor diferença para o cego

Inevitável é o peixe morrer no deserto

Inevitável é a erupção de um o vulcão

Inevitável é o silêncio no olho do furacão

Inevitável era a nossa separação.

domingo, 9 de janeiro de 2011

ataque cardíaco

Digamos (apenas por hipótese) que são 18:15h e você está voltando prá casa, depois de um dia de trabalho particularmente difícil.

Você está muito cansado e realmente frustrado…

ESTÁ BASTANTE TENSO E MAL DISPOSTO…

Repentinamente, você sente uma forte dor no peito, que se difunde até o seu braço e até mais acima, à mandíbula.

Você está a 8 km do hospital mais próximo de casa.

Infelizmente, não sabe se conseguirá percorrer essa distância e chegar lá.

QUE DEVO FAZER ???

MESMO QUE TENHA SIDO TREINADO EM RCP (Ressuscitação Cardio Pulmonar), PROVAVELMENTE O INSTRUTOR DO CURSO NÃO LHE DISSE COMO APLICÁ-LA EM VOCÊ MESMO !!!

COMO VOCÊ PODERÁ SOBREVIVER A UM ATAQUE DO CORAÇÃO, QUANDO ESTIVER SÓ?

MUITAS PESSOAS ENCONTRAM-SE SOZINHAS QUANDO SOFREM UM ATAQUE DE CORAÇÃO.

SEM AJUDA, UMA PESSOA NA QUAL O CORAÇÃO BATA INCORRETAMENTE E QUE COMECE A SENTIR-SE DESMAIAR, SÓ TEM 10 SEGUNDOS, ANTES DE PERDER A CONSCIÊNCIA.

O QUE FAZER ??

RESPOSTA:

NÃO ENTRE EM PÂNICO, COMECE A TOSSIR REPETIDA E VIGOROSAMENTE.

VOCÊ DEVE RESPIRAR PROFUNDAMENTE, ANTES DE CADA TOSSIDA. A TOSSE DEVE SER PROFUNDA E PROLONGADA, COMO QUANDO SE PRODUZ UM FORTE ATAQUE DE TOSSE, PROVENIENTE DO DIAFRAGMA.

CADA INALAÇÃO E CADA TOSSIDA DEVEM SER REPETIDAS DE DOIS EM DOIS SEGUNDOS, APROXIMADAMENTE, E SEM PARAR, ATÉ QUE SE CONSIGA UMA AJUDA, OU ATÉ QUE O CORAÇÃO VOLTE A BATER NORMALMENTE.

AS INSPIRAÇÕES PROFUNDAS LEVAM OXIGÊNIO AOS PULMÕES E OS MOVIMENTOS DE CONTRAÇÃO DA TOSSE COMPRIMEM O CORAÇÃO E MANTÉM O SANGUECIRCULANDO. A PRESSÃO SOBRE O CORAÇÃO TAMBÉM AJUDA A RECUPERAR O RITMO CARDÍACO NORMAL. DESTA MANEIRA, AS VÍTIMAS DE UM ATAQUE DE CORAÇÃO PODEM CHEGAR AO HOSPITAL E SOBREVIVER.

ARTICLE PUBLISHED ON N.º 240 OF JOURNAL OF GENERAL HOSPITAL ROCHESTER

COMPARTILHE ESTA INFORMAÇÃO COM TANTAS PESSOAS QUANTO FOR POSSÍVEL.

ISTO PODERÁ SALVAR AS SUAS VIDAS!!!

E SE A SUA IDADE FOR INFERIOR A 25 OU 30 ANOS, NÃO PENSE QUE ESSA PESSOA NÃO É PROPENSA A UM ATAQUE DE CORAÇÃO. HOJE EM DIA, DEVIDO À MUDANÇA DO NOSSO ESTILO DE VIDA, OS ATAQUES DO CORAÇÃO ATINGEM PESSOAS DE TODAS AS IDADES.

SEJA AMIGO DO SEU AMIGO E, POR FAVOR, ENVIE ESTE ARQUIVO AO MAIOR NÚMERO POSSÍVEL DE PESSOAS.

As regras do conquistador


Acompanhe aqui no blog do falco. as aventura de Zeca, um conquistador inveterado e trapalhão. um exímio conhecedor da alma feminina, mas um péssimo seguidor de suas próprias regras.


"As regras do conquistador"
as aventuras de um Don Juan trapalhão

sábado, 8 de janeiro de 2011

Década da Decadência


Anos 2000, que década foi essa! Cheia de ostracismo e pasmaceira. Nos anos 60 tivemos a correria o Rock, o novo e aventura. Nos 70 a diversão, a sensualidade da mulher e luta pela liberdade. Nos 80 a individualidade, o experimentar e o carnaval de cores e coisas novas. Nos 90 a força da juventude, a morte de alguns dogmas e a perda da inocência. Nos anos 2000 nada foi feito de novo, só copias, acústicos, revitalizações, retornos á moda, refilmagens, relançamentos, vocês entenderam! Além da perpetuação de antigos costumes, como: corrupção, preconceito e coisas piores, tais como: BBB, tráfico nas favelas, abusos no trânsito, música alta nos carros, rádios piratas evangélicas e o pior de todos é a incapacidade da humanidade perceber que está sendo manipulada por uns poucos imbecis, que ditam normas de conduta idiotas, modas ridículas, conceitos absurdos, sem base lógica ou científica. Melhor do que visitar as estrelas seria visitar nossa própria consciência.