EVENTOS E PARCERIAS

Visite a Exposição o Palhaço no SESC MERITI/RJ - com quadros e o poema homônimo do Poeta Valdemir Costa

Search Engine Submission - AddMe


quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Prisão de Fotografias


                  







Prisão de Fotografias

Não me reconheço mais nas imagens do meu porta retrato
Sou uma figura patética que habita o meu quarto
Um invasor de um corpo novo rejeitado
Um extraterreno em seu próprio mundo
Um verme lutando contra a força gravitacional de uma estrela
Um diamante bruto recoberto pela poeira
Estava na frente e perdi a corrida   
Um membro de uma tribo nunca vista
Minha magia mão me protege das forças do dia 
As surpresas da noite errática que contagia
A única coisa que ainda me movimenta            
É força avassaladora que emerge da poesia
Um beijo roubado com um leve aroma  de menta
O sabor inconfundível  do amor que nos sustenta  
Vou  vivendo nas lembranças aprisionadas nas fotografias
Sobrevivo na expectativa de deixar de ser  uma sombra
Numa vida fabricada por fúteis verdades e fátuas fagulhas

      ------------------------------------

Desviando da morte certa no fim da jornada
 Abraçando a vida incerta que me foi  ofertada
Sigo reto nessa vida torta, que  não leva a nada.



Valdemir costa 

2 comentários:

  1. Agora você pode partilhar nossas postagens em seu blog, página no facebook ou twitter. a caixa com os botões partilhar está no lado direito do blog.

    comente as psotagens e partilhe a vontade, o cupinzeiro deixa.

    ResponderExcluir
  2. Oi Valdemir, como vais meu querido?
    Adorei estes teus textos. Aliás, admiro muito tudo que escreves.
    Parabéns meu querido pelo teu blog.
    Te convido a visitares os meus blogs de Poesia e Prosa:

    - FLORES SELVAGENS - Poesia
    www.floreselvagens.blogspot.com

    - PALAVRAS SEMENTE... - Prosa
    www.palavrasemente.blogspot.com

    Faz uma visita comenta e segue-me... tb já sou uma tua seguidora.
    Saudades querido.
    bjs
    Anna

    ResponderExcluir

COMENTE E DEIXE SEU POEMA NO EmBAIXADA POÉTICA.