EVENTOS E PARCERIAS

Visite a Exposição o Palhaço no SESC MERITI/RJ - com quadros e o poema homônimo do Poeta Valdemir Costa

Search Engine Submission - AddMe


quinta-feira, 26 de julho de 2012

MULHERES GRANDES


 Mulheres Grandes

Na natureza podemos observar que existe uma ordem nas coisas. Todos os animais nascem, crescem e morrem. E outras características menos básicas como: espécies não se relacionam com espécies diferentes, vegetal é vegetal, animal é animal. Dentre todas as características que fazem com que os seres sejam diferentes entre si tem uma muito interessante, as fêmeas da maioria das espécies são maiores que os machos. Na raça humana essa característica se inverte, já que os machos são geralmente maiores e mais fortes que as fêmeas. Correndo o risco de ser redundante, posso afirmar que a evolução humana está fazendo sua mágica criando condições para que as fêmeas humanas se tornem maiores que os machos da espécie, isso explica por que as mulheres estão se tornando maiores a cada dia, não estou dizendo obesas, e sim, grandes realmente. Minha filha de 12 anos calça 36 um número que na minha infância poucas mulheres adultas usavam, sapatos com números acima de 37 para mulheres só eram vendidos em lojas especializadas.. A força das mulheres é um  caso a parte, não podemos dizer que elas ainda são o sexo frágil. As mulheres de hoje ocupam a mesma porção na sociedade que os homens, executam as mesmas funções. Em toda a história humana tivemos amostras de inúmeros erros cometidos por homens e seu ego enorme. Quem sabe o dia em que as mulheres serão realmente maiores que os homens elas possam cuidar de toda a humanidade como cuidam de seus filhos e teremos um mundo sem tanta violência e mais igualdade social. Um mundo povoado por mulheres imensas onde nós homens seremos apenas coadjuvante na história humana. Como uma colmeia, organizada, sincronizada e feliz.   

                                        Valdemir costa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE E DEIXE SEU POEMA NO EmBAIXADA POÉTICA.