EVENTOS E PARCERIAS

Visite a Exposição o Palhaço no SESC MERITI/RJ - com quadros e o poema homônimo do Poeta Valdemir Costa

Search Engine Submission - AddMe


quinta-feira, 5 de julho de 2012

Poema - Pele


                                                                                                                                                                             
                                                                      PELE

o dia tem uma invenção usada na premissa
seguir reto indo fundo na superfície da gente
sua mente expele o pus quente de dentro
 a massa carcinogênica da mesmice sistémica
um cancro ou furúnculo exposto na pele
carne podre mau cheirosa da vida cor de rosa
Resíduo experimental de vontades e medos
fruto resultante da consumação carnal 
Entre um coração partido 
e uma mente perigosa .


Valdemir Costa
                                                                           


Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE E DEIXE SEU POEMA NO EmBAIXADA POÉTICA.